alfonzamariaeppinger.com

 

 

Janeiro 2014

Comissão para a celebração do 200° aniversário de nascimento
de Madre Afonso Maria Eppinger

 

  Tema : “ A grandeza de uma vida simples “
  Celebração do 200° aniversário de nascimento de Madre Afonso Maria

 

ESPIRITUALIDADE de MAM

 

200 rokov narodenia MAM

5. A Prudência

A extrema simplicidade

  • Madre Afonso Maria amava e vivia a simplicidade. As pessoas que a encontravam estavam impressionadas pela sua simplicidade. A franqueza, a retidão, o amor pela verdade são as características de sua personalidade.

  • Ela lutava constantemente contra o seu maior defeito, a vivacidade / o ardor impetuoso de seu temperamento. Pelo seu esforço constante e com a graça de Deus, ela pôde dominar esta marca de seu carácter.

  • É preciso sobretudo sublinhar a prudência e a força com as quais ela confrontava as maiores dificuldades.

  • Ao decidir manter o Noviciado e os retiros na Casa-Mãe, ela agiu com prudência, para manter a unidade da Congregação. Apesar de todos esses esforços, os Bispos agiram segundo os seus próprios conhecimentos e fundavam as Congregações autónomas.

  • Ela viveu a prudência a um grau heróico, pois na sua vida, não se encontra nenhuma ação cuja finalidade fosse puramente humana. Nela tudo estava orientado para Deus. Na oração e contemplação, ela sabia dar a cada pessoa o que Deus lhe destinava.

  • Ela não queria dar a sua preferência a ninguém : ela concentrava a sua atenção a dar a sua ajuda aos pobres e aos que estavam à margem da sociedade. Tinha consciência que os ricos também tinham as suas necessidades. Ela acolhia com a mesma bondade os numerosos visitantes, fossem eles ricos ou pobres.

  • Tratando os doentes, ela não faz nenhuma diferença entre protestantes e católicos, o que não era habitual no seu tempo e na sua região.

  • Quando dava as instruções às Irmãs, ela o fazia com prudência e equilíbrio. Ela se referia sempre a Jesus Cristo, que é o centro da sua vida e lhes explicava a Regra de Vida, o que deve ser o ponto de partida na vida pessoal das Irmãs e das comunidades.

  • Sua simplicidade, sua honestidade, seu amor pela verdade eram exemplares para todas. Nas suas instruções, ela insistia sobre a importância dessas virtudes.

    (Os Teólogos, Roma 2009)

    de volta